Inova G

Como sua marca pode sobreviver ao coronavírus

Home  >>  Marketing  >>  Como sua marca pode sobreviver ao coronavírus

Como sua marca pode sobreviver ao coronavírus

On abril 3, 2020, Posted by , In Marketing,Planejamento Estratégico,Social Media, By , With No Comments

Este artigo não é sobre como você pode gerar lucro durante a pandemia de covid-19, é sobre como sua empresa pode sobreviver a ela. Quando dizemos lucro, não nos referimos a qualquer entrada de dinheiro, estamos falando do que sobra depois que você abate os custos e contas. A maioria das empresas já teve seu faturamento reduzido ou zerado e não sabe como será o fim do mês ou se aguentará aberta. 

O que queremos aqui é lhe fornecer informação de como sua marca deve se posicionar neste momento, e como formular sua estratégia durante e pós pandemia. O mais importante é que você aguente firme, aliás, que este momento difícil não represente o fim do seu negócio. 

O conteúdo que apresentamos não é fruto de mera especulação ou intuição. Para criar este material buscamos dados e pesquisas de fontes confiáveis nacional e internacionalmente, a fim de lhe fornecer conteúdo de qualidade.

Leia as dicas adequando-as a sua realidade, mas mantenha a cabeça aberta e a disposição para tentar algo novo e persistir. Dependendo do seu segmento, os resultados não serão imediatos, ou não serão como retorno financeiro. Tenha em mente que manter-se presente e fortalecer seu relacionamento com o cliente certamente será de extrema importância ao final da quarentena. 

Com a finalidade de tornar sua leitura mais prática, dividimos o conteúdo em 4 segmentos: Operações, Comunicação, Marketing e Planejamento. 

OPERAÇÕES 

  • Analise e defina todas as novas possibilidades de atendimento e ações, inclusive para a resolução de problemas, e principalmente, prepare sua equipe para tal. 
  • Transforme o que for possível do seu atendimento em virtual. Foque em qualidade de atendimento e facilidades. O seu cliente precisa estar confiante de que terá a mesma qualidade que um atendimento presencial, pois, caso contrário poderá enfrentar desistências. 
  • As pessoas estão em quarentena, mas continuam consumindo online. Como você pode adaptar seus produtos e serviços para vender virtualmente? 
  • Ofereça uma boa experiência virtual. 
  • Mantenha comunicação com seus fornecedores e parceiros e veja como eles podem te atender. A pior coisa que pode acontecer é você ter cliente querendo comprar mas não ter insumo para oferecer o produto/serviço. 
  • Desenvolva uma relação de ajuda mutua com seus fornecedores e parceiros, afinal, ajudando uns aos outros é mais fácil passar por esta crise e você ainda fortalece sua rede e cria vínculos. 
  • Se você tinha algum evento físico, transforme-o em virtual. Existem diversas plataformas a sua disposição. 
  • Seja solicito, entenda as solicitações e necessidades do seu cliente e faça o que for possível para ajudá-lo, mesmo que seja um cancelamento. A sua ajuda neste momento difícil pode fidelizar seu cliente e fazê-lo voltar após a pandemia acabar.  
  • Antes de prosseguir com um cancelamento, sugira alternativas, como descontos, atendimento online ou Delivery, acima de tudo você precisa tentar manter os seus clientes. 

COMUNICAÇÃO 

  • Crie respostas prontas para todas as possíveis dúvidas ou problemas dos clientes, assim, terá respostas rápidas e precisas. Além disso, mantêm uma postura institucional independente de quem receba o questionamento.  
  • Mantenha comunicação com seus clientes e público. Não suma! Independentemente de estar funcionando ou não, afinal, você não quer que as pessoas esqueçam da sua marca. 
  • Aproveite as tecnologias disponíveis para se comunicar com o cliente: Instagram, Facebook, LinkedIn, WhastApp, Messenger… Se não usava, passe a usar. 
  • O objetivo da comunicação neste momento de pandemia é transmitir informações importantes e ao mesmo tempo, construir confiança e oferecer apoio. 
  • Mude sua resposta automática no Messenger e WhastApp Bussiness. 
  • Com o intuito de manter seu cliente informado, fixe no topo da sua página do Facebook uma postagem com informações importantes sobre atendimento ou outra informação com o intuito de manter seu cliente informado.
  • Comunicações que podem ser feitas: informações sobre funcionamento, medidas de segurança, novas maneiras de atendimento e dúvidas de clientes.
  • Pense nas principais dúvidas e dificuldades dos seus clientes e crie stories. 

MARKETING 

  • Considere mudar sua foto de capa do Facebook e bio do Instagram para um conteúdo mais pertinente às suas atividades neste momento. Se você está com a loja fechada, não convém manter o horário de funcionamento. Atualize suas informações. 
  • Faça uma comunicação (visual e escrita) coerente com o sentimento do público, enfim, pense em como seu público está se sentindo. 
  • Estando em casa, as pessoas ficarão mais tempo conectadas (cerca de 60% a mais segundo dados da Nielsen) e consumirão mais conteúdo. A busca maior é para se manterem informados, reduzir o tempo, encontrar consolo e manter contato com os outros. Aproveite o momento para fortalecer sua marca. 
  • Faça uma comunicação mais humanizada. O foco agora não são produtos e serviços e sim como você pode melhorar a vida das pessoas, tranquilizar e oferecer um entretenimento saudável. 
  • Se realizar alguma ação social, comunique-a em suas redes (não como propaganda, mas divulgação). Compartilhe solidariedade e sentimento de comunidade. 
  • Pense na nova rotina de seus clientes: saídas restritas, alimentação em casa… Como sua empresa pode ajudar neste novo dia-a-dia? Crie conteúdos e soluções personalizadas para este momento. 
  • Faça parte da rotina de seu cliente criando conteúdos de marca que facilitem sua vida. Mostre novas maneiras de usar seus produtos, dê receitas, dicas, tutoriais, ajude os pais entreter as crianças, etc. Isso contribui para a adoção da marca a longo prazo. 

PLANEJAMENTO 

  • Por mais que o momento seja difícil e necessite de ações e resultados imediatos, não esqueça do longo prazo, afinal, depois que esta crise passar sua empresa pretende estar por aqui, não é mesmo? 
  • Identifique e reveja suas principais vulnerabilidades. 
  • Aproveite o momento para se aprimorar. Repense estratégias, processos e utilize esta parada obrigatória de forma produtiva, fazendo tudo que você não teve tempo para fazer antes. 
  • Fique atento às notícias e ao comportamento de compra dos consumidores, tanto agora quando ao final da crise. Fique preparado e antecipe os cenários para não perder oportunidades. 
  • Novos hábitos podem levar a procura por novos produtos e serviços, portanto considere ampliar seu portfólio para anteder uma nova demanda. 
  • Converse com seus clientes para entender seus anseios e desejos. Poderão haver mudanças permanentes nos hábitos e consumo. Seja precavido. 

Esperamos que estas dicas lhe sejam úteis e que você as consiga aplicar em seu negócio. Não esqueça, não existe resultado sem ação. Temos a mais absoluta certeza que aplicando ao menos parte deste conhecimento, sua empresa estará mais preparada e você, assim como seus colaboradores e clientes mais seguros e com menos incertezas. 

Mantenha o foco e boa sorte! 

Gostou? Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *