Inova G

Como vender seu produto feito água

Home  >>  Estratégias  >>  Como vender seu produto feito água

Como vender seu produto feito água

On maio 22, 2019, Posted by , In Estratégias, By , With No Comments

Este é o sonho de todo empreendedor: vender seu produto ou serviço feito água!

E como fazer isso? Através das redes sociais. Você não precisa nem ter uma estrutura física ou muitos anos de experiência, você vai contratar uma pessoa ou empresa, ela vai começar as postagens, vai impulsionar e a sua rede social vai logo na primeira semana passar de cento e poucos para mais de 1.000 seguidores.

Mas 1k é pouco, você quer mais! E sua página vai todo dia subindo o número de seguidores. Mas não são quaisquer seguidores, os seus comentam nas fotos, curtem, compartilham seus posts e principalmente fazem muitos pedidos!

Neste momento surge aquele sorriso de satisfação de quem está com a vida ganha! O retorno que você sempre esperou finalmente apareceu e você conquistou o que queria!

É isso que você busca também?

Bom, pode até acontecer, mas para seu produto vender feito água, é preciso que ele seja como água. Não entendeu?

Vamos comparar a água com o seu produto ou serviço. Seguem 3 perguntinhas simples para você responder:

1 – Seu produto/serviço é genérico ou de nicho?

A água tem público genérico. Todos tomam água: homens, mulheres, crianças, idosos, adolescentes… O público potencial para comprar ou consumir água é de quase 100% da população! Digo quase 100% porque os bebês menores de 6 meses de idade não necessitam de água pois a obtém através do leite materno. Então, se você não é um bebê, tem necessidade de água.

Qual é o público potencial do seu produto/serviço? É para o publico infantil? É para maior de 18 anos? Alguma classe social especifica? Para consumir seu produto ou serviço a pessoa tem que ter algum outro? Exemplo, você vende acessórios para Iphone, então seu cliente precisa ter um Iphone.

Se seu produto/serviço tem alguma limitação, então você já não conseguirá vender feito água.

2 – Seu produto/serviço tem sazonalidade?

A água é consumida em todas as épocas do ano, em todos os horários do dia e da noite. Claro que, no verão o consumo aumenta, mas não existe época na qual ela não é consumida.

E o seu produto/serviço? Está relacionado a alguma data festiva? A alguma estação do ano? A economia ou data de pagamento influencia na compra? Algum horário específico?

Se você vende apenas ou primordialmente em períodos específicos, como marmitex para o almoço, ovos de páscoa, fondue, parque aquático… então o seu produto não vai vender feito água.

3 – Em uma escala de necessidades, onde está seu produto?

A água é uma necessidade básica humana. Você não precisa conscientemente querer beber água, é uma necessidade fisiológica. O homem não fica mais do que 3 a 5 dias sem água. A falta dela faz o corpo entrar em pane, o que em casos extremos leva a morte.

O seu produto/serviço é de extrema necessidade ou é supérfluo? Ok, você vende alimentação, mas é um doce, ou é o arroz e feijão? Em uma lista de prioridades, o seu produto/serviço é mais ou menos importante?

Se o seu produto/serviço não for uma necessidade básica, desculpe, ele não vai vender feito água.

Parece um banho de água fria, mas cuidado com as expectativas que você gera ou com o que você acha que pode conseguir, pois pode não estar de acordo com a realidade do que você vende.

Já tive cliente que me disse logo de cara: “quero vender meu produto feito água”. Bom legal, eu pensei, mas, será que o produto dele tem essa possibilidade? Era um produto bem específico, para um público bem específico e com uma necessidade bem especifica. Então me diga você, ele vai vender feito água?

Isso não quer dizer que não vá fazer sucesso, pode vender superbem! Mas dentro daquele nicho.

Também tem que analisar se você tem estrutura para ter essa demanda toda que você quer. Se você vende serviço e só consegue atender 10 ou 15 clientes no mês, então de que adianta vender feito água? Se você vende um produto artesanal e tem essa demanda toda, vai conseguir atender aos pedidos?

Quando você não consegue atender à demanda, você perde clientes. Para vender feito água é preciso ter uma boa estrutura por trás.

O mercado não é um mar de rosas e as coisas não acontecem como nos filmes ou como os empreendedores de palco pregam.

Entenda e aceite a realidade do seu negócio. Quando você fizer isso terá metas mais realistas e possíveis de serem alcançadas.

Gostou? Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *